“Gênese Oficinas”

Entre 2005 e 2006 o Prof. Wilson José da Silva freqüentou um curso de “Técnico industrial com habilitação em estruturas navais” na instituição SENAI. Para a conclusão do mesmo foi necessário fazer um estágio probatório, que foi levado a cabo na própria ANI, local onde já trabalhava como instrutor de atividades náuticas.

Para o referido estágio foi proposto a construção de um bote de madeira de 3,50 metros em compensado naval e resina epóxi, cujo projeto foi fornecido pelo amigo e também entusiasta da construção naval em madeira Márcio Teixeira Moreira.

Se faz necessário mencionar também todo o apoio recebido por parte da Associação Náutica de Itajaí na pessoa de seu fundador e diretor na época, Sr. Vilmar Braz, a quem registramos nossos agradecimentos.

Todo o processo de construção foi documentado em fotos e posteriormente foi elaborado o TCC (trabalho de conclusão de curso) detalhando cada parte da obra.

Uma vez a obra terminada resultou em uma bela embarcação feita artesanalmente, com acabamento envernizado brilhante o que acentuava a beleza natural da madeira utilizada como material construtivo.

Após a conclusão o mesmo começou a ser utilizado como barco de apoio da escuna Lendário, veleiro clássico de 18 metros de comprimento, construído em 1946 na Bélgica, que era utilizada em aulas passeio com alunos e comunidades de Itajaí e arredores.

Com seu uso o pequeno bote em madeira brilhante passou a chamar a atenção dos aficionados por barcos. Começou a haver um interesse por parte de algumas pessoas em também construir uma embarcação semelhante.

Tanto o prof. Wilson quanto o Prof. Vilmar Braz eram leitores da revista americana WOODEN BOATS e lhes chamava a atenção o número de escolas voltadas ao ensino a amadores de técnicas de construção de pequenas embarcações em madeira que por lá existiam, em detrimento de nenhuma conhecida em nosso país. Surgiu então a ideia de fazermos algo semelhante por aqui.

construcao-naval-a-32

A ANI disponibilizou seu “Paiol”, onde se faziam as manutenções dos barcos da entidade, assim nasceu em março de 2008 a  “OFICINA DE CONSTRUÇÃO NAVAL AMADORA da ANI” de forma singela e com poucos recursos técnicos, o que não foi impecilho para que naquele ano fossem construídas 4 embarcações.

Os primeiros freqüentadores dos workshops foram os seguintes:

  • João Carvalho
  • Pedro Floriano
  • Waldir Motta
  • Cesar Sperandio
  • Marcos Vinicius Eickenberg

Desde então e até o presente momento foram construídas 52 embarcações em 9 anos consecutivos de atividades, sempre o mesmo formato de atividades (workshops) onde cada aluno é assessorado a montar seu barco desde os riscos nas chapas de compensado, o corte das mesmas, a montagem das peças, enfim … A construção peça por peça, do início ao final manualmente com esforço individual do próprio participante e proprietário da futura obra acabada.

Ao término de cada ano realizamos o batismo das novas embarcações, com um encontro de todos os ex-participantes com seus barcos, o que resulta numa linda e colorida festa. Após o batismo o construtor leva para casa sua obra de arte que navega, feliz da vida e podendo afirmar com orgulho:

Esse fui eu que fiz!

. . .

Autor Texto (s) : Wilson José da Silva

Crédito Foto (s) : Carlos Werner

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s